Celinha, a célula

PDF Imprimir E-mail

 

Olá! Meu nome é Celinha. Sou uma célula e meu nome tem tudo a ver com o significado da palavra célula, que vem de “cela” e que significa compartimento. Estou aqui para explicar um pouquinho sobre as células. Afinal, você sabe o que é uma célula?

 

Todos os seres vivos são formados por células, desde a mais alta das árvores até uma simples pulga. Para montar um quebra-cabeça existem as peças que, unidas, formarão uma figura, no caso dos seres vivos, as peças somos nós, as células.

 

A maioria das células são tão pequenas, que só podem ser observadas com a ajuda de um aparelho, o microscópio. Ele tem lentes que aumentam o tamanho das células. Uma ameba, por exemplo, que é um ser vivo formado por uma única célula, é muito pequenina, podendo ser vista somente ao microscópio, já a gema de ovo é uma célula maior, que não necessita do auxílio deste aparelho para ser vista.

 

Sou formada, basicamente, por três partes: membrana, citoplasma e núcleo. Aliás, é no núcleo onde se encontra o DNA. Você já ouviu falar em DNA? O DNA é uma molécula, ou seja, uma estrutura muito pequena, mas muito importante. Tanto que é conhecida como molécula da vida. Cada ser vivo possui seu próprio DNA, assim como cada aluno tem seu número de chamada na sala de aula. Somente os gêmeos idênticos e os animais clonados possuem o mesmo DNA. Essa molécula é formada por partes menores chamadas genes, que determinam a cor da pele e dos olhos das pessoas, se o pêlo do urso é branco ou preto... Enfim, os genes determinam as características de cada ser vivo.

 

Sabe por que todos os seres vivos necessitam de alimentos e de oxigênio? Estes elementos são fontes de energia para as células trabalharem. Sem eles, nossos músculos, por exemplo, não realizariam movimentos e nosso cérebro não funcionaria. As células, além de produzirem as proteínas, substâncias importantes para manterem a vida dos seres vivos, produzem outras que devem ser eliminadas para não prejudicá-la. Veja só, no caso dos humanos, o sangue circula por todo o corpo carregando substâncias prejudiciais. Quando ele passa pelos rins, que funcionam como verdadeiros filtros, sofre uma limpeza. O resultado dessa filtragem é a urina, que é eliminada levando junto as substâncias que podem prejudicar o homem.

 

Nós, células, também morremos, porque tudo o que é vivo nasce e morre. Por exemplo, quando uma pessoa fica muito tempo exposta ao sol, após alguns dias sua pele sofre descamação, ou seja, as células mortas da pele soltam-se dando lugar às novas. Por outro lado, é bom lembrar que as células nervosas não se renovam!

 

Por que estudar as células? Ora, se tudo o que é vivo, inclusive o ser humano, é formado por células, eis a importância de conhecê-las. A Biologia Celular é a ciência que estuda as células. Quem sabe, no futuro você será um estudioso dessa área.

 

Ah, eu ia me esquecendo... Meu tamanho na ilustração está ampliado. Além disso, minhas perninhas e bracinhos são criações, pois as células não possuem membros.

 

Abraços da Celinha !!!

 

Maria Beatriz Góes é professora de Biologia.

 

 

Publicação Original: CBME InFormação Nº 9, de 01/01/2006

 
free pokerfree poker

Enquete

Como você avalia os recursos disponibilizados em nosso Portal?
 
    

EIC - Rua 9 de Julho, 1205, Cento, São Carlos - SP
Fone: (16)3373-9159 email: eic@ifsc.usp.br

Angular Tecnologias